A ocupação militar e o entreguismo fardado

om a experiência de quem nasceu e conviveu com e na guerra e tem conhecimento profundo sobre questões militares, o nosso comentarista de política internacional, Professor Paulo Gamba, levanta mais um importante debate aqui no Duplo Expresso.

Duplo Expresso

Da Redação do Duplo Expresso,

Com a experiência de quem nasceu e conviveu com e na guerra e tem conhecimento profundo sobre questões militares, o nosso comentarista de política internacional, Professor Paulo Gamba, levanta mais um importante debate aqui no Duplo Expresso. Desta vez com o também angolano, Professor Hélder Cafala, especialista em Defesa Nacional e Segurança.

Com a habitual simpatia, Paulo Gamba, que é professor universitário de Direito Internacional e também comentarista de geopolítica na imprensa angolana, enviou o vídeo para a nossa redação, acompanhado da seguinte mensagem:

Hoje vestido a palanca fiz uma entrevista ao professor Hélder Cafala, angolano e especialista em Defesa Nacional e Segurança. A nossa conversa versou sobre a ‘excessiva militarização do estado brasileiro’ tendo em conta a o ‘excessivo’ número de militares que fazem parte do governo Bolsonaro. Uma vez que o actual presidente foi (“é”) militar, será que esse factor é suficiente para tal prática?

Há risco da militarização do estado brasileiro?

Houve legitimação do poder público atribuído a Bolsonaro?

Será que tem legitimidade para fazer o que bem entender?

Curta o vídeo que aqui tem as respostas”

P.S. da Redação do Duplo Expresso:

Antes de gritar “Fora Bolsonaro!”, lembre-se: Mourão é Moro e Globo fardados.

 

ESCREVA SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui