Após decisão do STF, ex-governador de Minas Eduardo Azeredo é libertado

Após a mudança de entendimento sobre a execução antecipada da pena pelo Supremo Tribunal Federal, nesta quinta-feira (7/11), a defesa do ex-governador de Minas Gerais Eduardo Azeredo obteve a soltura dele. 

Defesa de Eduardo Azeredo entrou com pedido de soltura do ex-governador de MG

Por Rafa Santos

Após a mudança de entendimento sobre a execução antecipada da pena pelo Supremo Tribunal Federal, nesta quinta-feira (7/11), a defesa do ex-governador de Minas Gerais Eduardo Azeredo obteve a soltura dele.

O ex-tucano foi libertado na tarde desta sexta-feira (8/11). Ele cumpria pena desde maio do ano passado após condenação em segunda instância pelos crimes de peculato e lavagem de dinheiro, durante a gestão (1995-1998) dele à frente do governo de Minas.

O recurso foi apresentado na Vara de Execuções Penais do Tribunal de Justiça de Minas Gerais. Na decisão, o juiz Marcelo Augusto Lucas Pereira afirmou que o caso do ex-governador se enquadra na mudança de jurisprudência do STF.

Azeredo estava preso na sede do 1º Batalhão do Corpo de Bombeiros, em Belo Horizonte. Em maio deste ano, a pedido dele, foi desfiliado do PSDB. Ele integrava os quatros do partido por mais de 30 anos.

ESCREVA SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui