Artista portuguesa traz videoinstalações sobre mitos gregos

“Grada Kilomba: Desobediências Poéticas” fica em cartaz na Pinacoteca até 30 de setembro

“Grada Kilomba: Desobediências Poéticas” fica em cartaz na Pinacoteca até 30 de setembro


Editorias: Atualidades, Colunistas, Guilherme Wisnik, Rádio USP – URL Curta: jornal.usp.br/?p=274477

Na coluna desta semana, Guiherme Wisnik comenta sobre Grada Kilomba: Desobediências Poéticas, primeira exposição individual no Brasil da artista portuguesa, com família de origem de São Tomé e Príncipe e de Angola, que termina no dia 30 de setembro na Pinacoteca.

Com curadoria de Jochen Volz e Valéria Piccoli, a mostra apresenta quatro trabalhos que ocupam as quatro salas contíguas à exposição do acervo da produção artística brasileira do século 19 da Pinacoteca de São Paulo. Trata-se de um trabalho de videoinstalações com releituras sobre as narrativas mitológicas de Narciso, Eco e Édipo e Jocasta, que busca refletir sobre a invisibilidade em seus contextos sociais e questões como a descolonização, a opressão pós-colonial e a questão do corpo, entre outras, como explica Wisnik.

Acompanhe o comentário completo da coluna Espaço em Obra no link acima.

ESCREVA SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui