Brasil muda posicionamento histórico e vota contra resolução que condena embargo a Cuba

O Brasil alterou nesta quinta-feira (7) uma posição diplomática exercida desde 1992, e votou contra uma resolução da Organização das Nações Unidas (ONU) que condena e pede o fim do embargo dos Estados Unidos a Cuba. A informação é do G1.

Foto: Divulgação / ONU

O Brasil alterou nesta quinta-feira (7) uma posição diplomática exercida desde 1992, e votou contra uma resolução da Organização das Nações Unidas (ONU) que condena e pede o fim do embargo dos Estados Unidos a Cuba. A informação é do G1.

A resolução foi votada na plenária da Assembleia-Geral da ONU. Houve aprovação de 187 países e duas abstenções, além de três votos contra. Além do Brasil votaram contra Israel e Estados Unidos. Colômbia e Ucrânia se abstiveram.

O posicionamento segue o alinhamento feito pelo governo Jair Bolsonaro (PSL) ao presidente norte-americano, Donald Trump.

ESCREVA SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui