Calendário da NBA: os jogos que não podemos perder em 2019/2020

A temporada regular começa em 22 de outubro, uma semana mais tarde que no último ano, e termina em 15 de abril, com os playoffs começando três dias depois. São 1230 jogos no total, mas alguns se destacam mais do que os outros.

LeBron, Kawhi e Zion estão entre os destaques da temporada ArteESPN

NBA divulgou nesta segunda-feira (12) o calendário oficial para a temporada 2019/2020.

A temporada regular começa em 22 de outubro, uma semana mais tarde que no último ano, e termina em 15 de abril, com os playoffs começando três dias depois. São 1230 jogos no total, mas alguns se destacam mais do que os outros.

Neste ano são diversos reencontros, estreias, duelos eletrizantes entre calouros e, obviamente, os quatro jogos mais esperados do ano entre o Los Angeles Lakers e o LA Clippers. Separamos os jogos que não podem deixar de serem vistos na temporada 2019/2020.

Os primeiros jogos

O dia 22 de outubro tem dois jogos e ambos são imperdíveis. Primeiro, o New Orleans Pelicans visita o Toronto Raptors. A inédita faixa de campeã será erguida. Um ginásio lotado irá comemorar o primeiro título de NBA da história do Canadá enquanto vídeos emocionantes são transmitidos no telão. Os anéis serão distribuidos e a emoção irá tomar conta.

Além disso, Zion Williamson fará sua estreia pelos Pelicans no jogo que pode marcar o início de uma nova era na liga. Vamos dançar!

Quando o jogo em Toronto terminar, teremos nada mais, nada menos que o primeiro ‘Clássico da Califórnia’ na temporada. Com mando dos Lakers, as duas equipes de Los Angeles se enfrentarão pela primeira das quatro vezes na temporada regular.

Será o primeiro jogo oficial de LeBron James e Anthony Davis com o lendário uniforme dos Lakers. Caso Paul George se recupere a tempo, será o primeiro jogo da dupla George e Kawhi Leonard com a camisa dos Clippers. Começa a batalha por Hollywood.

No dia seguinte, outros times fazem suas estreias na temporada. O Boston Celtics visita o Philadelphia 76ers no jogo que marca o primeiro reencontro entre Al Horford e sua ex-equipe, Boston, em uma das principais rivalidades da história da NBA.

Ao mesmo tempo, o Brooklyn Nets estreia na temporada recebendo o Minnesota Timberwolves. Apesar de Durant ainda não estar a disposição, será a estreia de Kyrie Irving em Nova Iorque. E isso por si só vale a pena.

No dia 24 de outubro, o Milwaukee Bucks vai até o Texas enfrentar o Houston Rockets. Não bastasse ser o duelo que marca o primeiro confronto entre os dois finalistas ao prêmio de MVP da temporada passada, o vencedor Giannis Antetokounmpo e o segundo colocado James Harden, será também o primeiro jogo de Harden e Russell Westbrook juntos novamente.

Assim que a partida em Houston acabar, sobe a bola para Clippers vs Golden State Warriors. Não bastasse ser o reencontro dos Warriors com Kawhi, o cara que ‘acabou com a dinastia’, será a primeira partida da equipe em San Francisco, na sua nova casa.

Outros jogos imperdíveis

Em 13 de novembro, uma espetacular rodada dupla. Clippers e Rockets se enfrentam em Houston para “definir” quem tem a melhor dupla da NBA. Na sequência, a bola sobe parar Warriors x Lakers em Los Angeles.

Stephen Curry e LeBron James renovam a rivalidade particular em uma partida com elementos extras: a adição de Anthony Davis aos Lakers e o reencontro de D’Angelo Russell com a franquia que o draftou. San Francisco ficará pequena.

No dia seguinte, o Dallas Mavericks vai até o Madison Square Garden na partida que marca o reencontro de Kristapz Porzingis com o New York Knicks, a franquia em que ele foi considerado o salvador em certa feita.

Em 27 de novembro, dois dos reencontros mais esperados da temporada. Os Nets viajam até Boston e Kyrie Irving estará frente a frente com os fãs dos Celtics após uma das temporadas e saídas mais conturbadas dos últimos tempos.

Na sequência, os Lakers vão até New Orleans na partida que terá não só o retorno de Anthony Davis ao estado da Luisiana, como também o duelo LeBron x Zion.

Em dezembro, mais três grandes confrontos. No dia 11, os Clippers visitam os Raptors na primeira partida de Kawhi em Toronto depois da saída após a conquista do título. Não dá para saber como será a reação da torcida, mas Kawhi deve também receber seu anel de campeão neste dia.

Sete dias depois, outra grande rodada dupla. Primeiro os 76ers recebem o Miami Heat na partida que será a primeira de Jimmy Butler na Filadélfia. Na sequência, o primeiro reencontro entre os finalistas da Conferência Oeste na última temporada quando os Warriors viajam até o Oregon para o duelo com o Portland Trail Blazers.

Chegamos em janeiro com os Rockets visitando o Oklahoma City Thunder no dia 9. A partida será o primeiro reencontro de Westbrook com a torcida do Thunder.

No dia 18, os Lakers vão até Houston em uma partida que envolve LeBron, Davis, Harden e Westbrook. Jogadores que somam cinco troféus de MVP da temporada (apenas Davis não ganhou) e que são quase garantia de um triplo-duplo.

Em 24 de janeiro, uma partida que não deve ser empolgante dentro de quadra, mas que será especial por causa das circunstâncias. Os Bucks enfrentam o Charlotte Hornets na primeira partida da NBA em Paris.

Mais reencontros para se assistir

Em 28 de outubro, Chris Paul visita Houston pela primeira vez desde a conturbada saída. Em 7 de novembro, Kemba Walker retorna a Charlotte. Em 15 de novembro, o Utah Jazz visita o Memphis Grizzlies no retorno de Mike Conley a Memphis.

Andre Iguodala deve enfrentar os Warriors pela primeira vez no dia 9 de dezembro. No dia 22 do mesmo mês, Paul George deve retornar a Oklahoma quando os Clippers visitam o Thunder.

Em 12 de março, D’Angelo Russell retorna ao Brooklyn e, em 28 de março, Marc Gasol visita o Memphis Grizzlies pela primeira vez após ter sido campeão com os Raptors.

Calma, ainda temos mais jogos de LA

Não é segredo que ninguém conseguirá desviar as atenções de Hollywood. Clippers e Lakers vão travar um duelo épico pela cidade de Los Angeles e, bom, devem fazer grandes jogos.

Em 6 de novembro, Kawhi reencontra Giannis na primeira de duas noites de temporada regular. Em 3 de janeiro, Lonzo Ball e Brandon Ingram, uma vez considerados o futuro de Los Angeles, visitam o Staples Center.

Uma das maiores rivalidades da NBA ganha um novo capítulo em 23 de fevereiro, quando os Lakers visitam os Celtics em Boston. E o atual MVP terá sua chance de vencer LeBron em Los Angeles no dia 6 de março.

Por fim, Zion!

Zion Williamson é um dos prospectos que mais criou expectativa nos últimos anos. Nesta década, é sem dúvida o principal. Além dos jogos já citados, em 10 de janeiro o camisa 1 irá enfrentar seu ex-companheiro em Duke, RJ Barrett, pela primeira vez no grande palco da NBA.

Em 13 de dezembro, enfrentará Ben Simmons, o atual calouro do ano, e os 76ers. Finalmente, em 20 de janeiro, Zion irá se colocar frente a frente com Ja Morant, a segunda escolha do draft, em Pelicans x Grizzlies em pleno feriado de Martin Luther King.

ESCREVA SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui