Carlos Bolsonaro critica Macron e o chama de ‘Doria francês’

Vereador no Rio de Janeiro e filho do Presidente Jair Bolsonaro, Carlos comentou sobre o silêncio do francês em relação à crise na Venezuela

Vereador no Rio de Janeiro e filho do Presidente Jair Bolsonaro, Carlos comentou sobre o silêncio do francês em relação à crise na Venezuela

Caio Sandin, do R7

Após criticar o Presidente Jair Bolsonaro e fazer uma convocação pública de reunião de emergência do G7 em seu Twitter por conta das queimadas na Amazônia, o presidente da França, Emmanuel Macron, foi alvo de uma cobrança em forma de piada do vereador carioca e filho do mandatário brasileiro, Carlos Bolsonaro.

Segundo Carlos, enquanto Macron tanto se preocupa com a floresta brasileira, “o povo Venezuelano é massacrado por um ditador comunista”.

O vereador questionou a falta de atitude do europeu ao qual chamou de “Doria francês”:

— O Doria francês e seus amigos não dão um pio. Curioso né?!

— O Doria francês e seus amigos não dão um pio. Curioso né?!

Durante a manhã desta sexta-feira (23), correligionários de Bolsonaro acusaram o Francês de mentir sobre os incêndios na Amazônia e subiram, na rede social, a #MacronLies, por conta da publicação feita pelo comandante do Palácio do Eliseu, que continha uma foto de queimadas de 2012. A hashtag chegou ao topo das mais comentadas no Twitter.

O governador paulista João Doria usou a imagem de Jair Bolsonaro para conquistar a eleição em 2018, formando o #Bolsodoria e se unindo a deputados do partido do atual presidente em campanha por todo o estado. Mais recentemente, Doria tem se afastado de Bolsonaro, em meio às crises em que o governo federal tem se envolvido e às críticas levantadas contra a gestão e a pessoa do Presidente.

Veja abaixa a publicação na íntegra:

ESCREVA SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui