Ipira, gestão com transparência

O Jornal A TARDE publicou hoje em sua edição de Domingo (12/01/2020), um estudo realizado pela CGU em 2018 e atualizado em 2019

O Jornal A TARDE publicou hoje em sua edição de Domingo (12/01/2020), um estudo realizado pela CGU em 2018 e atualizado em 2019, monstrando a situação das cidades baianas no que se refere à Transferência, onde os Municípios devem de forma detalhada e em tempo real, disponibilizar a todos os cidadãos informações sobre execução orçamentária e financeira em seus sites como determina a Lei da Transferência (LC 131/2009). O objetivo desta Transferência é demonstrar clareza com os Gastos Públicos e combater as práticas de corrupção.

A pesquisa realizada em Municípios Baianos com mais de 50 mil habitantes, aponta Ipirá na décima primeira posição na Bahia, com uma nota de 8,08 ( em uma escala de 0 a 10), confirmando a excelência no trabalho de Gestão realizado no município desde 2017. Como um forma de comparação, se pegarmos os números em 2015, Ipirá possuía uma nota 4,2 no quesito Transparência e muitos problemas na regularização de suas certidões. Hoje, com um trabalho criterioso, atendendo as determinações legais e aplicando práticas de boa Gestão, Ipirá não só dobrou a sua nota de avaliação de Transparência, como possui regularidade no CAUC, no Estado e Certidão Negativa na Receita Federal, possibilitando ao Município conveniar, buscar recursos e atrair investimentos.

ESCREVA SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui