Joice Hasselmann chora ao relatar xingamentos e reação de filhos a ameaças

Deputada passou a ser qualificada como "porca", "gorda" e outros termos ofensivos após decidir apoiar a manutenção de Delegado Waldir na liderança do PSL na Câmara

Foto : Valter Campanato/Agência Brasil

Deputada passou a ser qualificada como “porca”, “gorda” e outros termos ofensivos após decidir apoiar a manutenção de Delegado Waldir na liderança do PSL na Câmara

Por Metro1 

Deputada federal pelo PSL paulista, Joice Hasselamann fez um discurso emocionado nesta terça-feira (5), na tribuna da Câmara dos Deputados, sobre os ataques e ameaças que têm recebido nas redes sociais.

Na tribuna, ela disse que o pior momento ocorreu quando seus dois filhos, adolescentes, perguntaram por que perfis nas redes sociais insistiam em chamá-la de “porca”. “E, eu vou dizer para vocês: essas lágrimas não são por mim, porque, como vocês bem puderam ouvir, a minha história é de uma guerreira. Mas o meu filho, de 11 anos, recebendo montagens minhas, com o meu rosto e o corpo de uma prostituta, com o meu rosto e um corpo deformado, nu, isso eu não vou admitir”, disse.

Ela acrescentou: “E não vai existir homem com mandato, sem mandato, seja o que for, deputado, senador, presidente, não me interessa. Não vai existir homem, nem mulher que vai fazer isso com a minha família. É pela minha família e é pela família de todos vocês, porque se nós não pararmos essa esquizofrenia, essa loucura, essa gangue, não teremos como reconstruir este Brasil, não teremos como reconstruir este país”.

Joice Hasselmann foi agredida nas redes sociais sendo chamada de “porca”, “gorda” e outros termos ofensivos após decidir apoiar a manutenção de Delegado Waldir (PSL-GO) na liderança do PSL na Câmara. Com isso, foi destituída do cargo de líder do governo no Congresso pelo presidente Jair Bolsonaro, que queria seu filho, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), no posto ocupado por Waldir.

ESCREVA SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui