Protestos se intensificam no Equador antes da grande mobilização contra Lenín Moreno

Polícia expulsa manifestantes do Parlamento, e o Governo decreta o toque de recolher

Manifestantes na Assembleia Nacional do Equador, em Quito. CARLOS GARCIA RAWLINS (REUTERS)

Polícia expulsa manifestantes do Parlamento, e o Governo decreta o toque de recolher

ESCREVA SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui